Ônibus 333 e os mano que entenderam tudo

Hoje de manhã. Campinas. Ônibus 333. Sentada no penúltimo banco. Dois molecotes-manos-de-boné conversando, eu começo a prestar atenção no debate dos dois:
-Mas essa marcha é legal.
-A marcha das vadias, né mano?
-É, loco!
– Mas você sabe por que que teve isso?
– Ah, foi lá em Barão né…
– Não, mano! O que aconteceu é que, tá ligado, uma mina lá foi estrupada e…
-Estuprada.
-Estrupada.
-Es-TU-prada!
-E o que eu falei?
-Es-TRU-pada.
-Não, mano, falei estrupada.
-Haha, aí ó,  fala de novo!
-Então, aí ela foi na delegacia e os policial invés de falar “pooooorra, onde foi? como foi? vamo atrás do cara…, pãns, falaro assim “ah… tamém, né!
-Ah, véi, eles nem aí com a mina, ela deve ter ficado injuriada!
-Não, véi, então, aí as mina organizaro essa marcha, pá, fala assim que tem o direito de anda, assim, tipo, semi-nua, tá ligado, e sem ser estrupada! Por isso que as mina tava, tipo, sem ropa… era pra falar que elas tem direito, tá ligado?
-Lógico, mano! As mina tem que podê anda do jeito que elas qué! Acho massa! Mas você sabe, essa marcha das vadias não é daqui não, já tinha lá na Europa…
-É memo?
-É. Lá o povo tem essa coisa de fazer protesto peladão, tá ligado?
-É memo? Hahaha… não sabia!
-É. Lá, tipo assim, quando a população tá pedindo, sei lá, vamo dizê… melhoria pras bicicleta: eles vão tudo anda de bicicleta pelado!
-Hahaha! Que dahora!
-É, só que nessa marcha das vadia faz sentido elas tarem sem rôpa, né, é tipo o protesto memo… pra elas poderem andar do jeito que elas quiser!
-E sem encherem o saco… sem serem estrupada!
-Estuprada, mano…
-Então, o q eu falei?
-Es-TRU-pada!
-Não mano…falei normal!
-Então repete!
-Esss….trrru…tupa…prada.
-Não, mano! TU! TUUU!
– Estrupada (falando rápido)… á lá, eu falo certo… é que quando fala rapidão parece que tá errado…
-Hahaha! Pode crê…

Ainda bem que eu estava ouvindo essa conversa! Além de rir pra caralho, ainda fiquei mais feliz com a população masculina que tem mais dois representantes que se mostraram capazes de entender um protesto feminino!

Thais Fonsechi

sobre nossa vizinha: Thaís Fonsechi é uma estudante de arquitetura e urbanismo que gosta de humor ácido, de discussões difíceis e de ver mais samba no som que vem da rua.

*texto publicado na timeline da vizinha em 10/08/2012 e compartilhado infinitamente até chegar em nossa humilde casinha.

Anúncios